Fibromialgia X síndrome dolorosa miofascial
Dr. Abner Carlos Areno

A fibromialgia e a síndrome dolorosa miofascial (SMD), aparentemente, são semelhantes em alguns aspectos mas definitivamente não são a mesma doença. Podem coexistir e, nesse caso, exibir um quadro clínico complexo.

A fibromialgia é uma condição de hipersensibilidade dolorosa generalizada, com pontos dolorosos (ou de dolorimento) musculares. Os pontos dolorosos são áreas de tecido muscular sensível e susceptíveis à dor por compressão. Os pontos da fibromialgia são dolorosos localmente à pressão sem a presença de dor referida.

Por outro lado, a SMD é considerada como doença dos pontos-gatilho. À semelhança dos pontos dolorosos, os pontos-gatilho são pequenas áreas do tecido muscular e/ou sua fáscia associada dolorosos à pressão. No entanto, como diferença importante dos pontos dolorosos, quando uma pressão é aplicada ao ponto-gatilho pode ocorrer dor não somente no local da pressão mas, também, em local distante do ponto pressionado (área ou zona de dor referida). Os pontos-gatilho são encontrados nas bandas de tensão (faixas ou bandas de tecido mais tenso) no interior das fibras musculares e que são associados com a resposta de contratura súbita. Essa resposta de contratura local é uma contração transitória involuntária das fibras musculares da banda de tensão e que pode ser evocada ou produzida beliscando-se ou pinçando-se as bandas de tensão. Alguns autores afirmam que ambas as patologias, se coexistirem, podem aumentar e perpetuar os sintomas de uma e de outra.



Abaixo, as diferenças mais evidentes e relatadas pelos autores:

← voltar

Todos os direitos e imagens reservados - Clínica de fraturas Zona Norte | Design by Midhaus